Escola Dominical e o Dia dos Pais

“E, levantando-se, foi para seu pai; e, quando ainda estava longe, o seu pai o viu, e se moveu de íntima compaixão, e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço, e o beijou.” (Lc 15. 20)

Ao som instrumental, irmãos e irmãs foram chegando ao Tabernáculo neste segundo domingo do mês para prestar um singelo culto de adoração ao Pai eterno pela sua grande misericórdia e bondade para conosco. Tivemos simplesmente nesta manhã de Escola havida bons momentos na presença do Senhor.
 
Por ser na data cívica de nosso país este segundo domingo de agosto considerado dia comemorativo ao “Dia dos Pais”, adultos, jovens, adolescentes e crianças tiveram a oportunidade de louvar ao Senhor e orar de joelhos em intercessão por todos os pais, tanto pelos domésticos na Fé, os quais têm lutado dia após dia para suster sua casa, sua prole e também manter-se com a mão no arado, firmes – ainda que por vezes necessitados e em debilidade; também houve oração por aqueles que, por algum motivo, não têm dado conta de ser o que desejariam ser, nem para seus filhos, nem para sua família e tão pouco conseguem servir a Deus. Talvez alguns entraram por caminhos difíceis, cheios de espinhos e tristeza, outros, tão ansiosos com as preocupações da vida, não conseguem encontrar tempo para servir a Cristo; Por todos esses a toda a igreja no Tabernáculo intercedeu, foram momentos de intercessão, adoração e comunhão com Deus. Certamente todos que estavam presentes foram de, algum modo, vivificados.
 
O missionário Eliézer Ribeiro e a equipe da Missão Transcontinental -  que o acompanha ali em Itaituba, no sudoeste do Pará, nestes últimos dias - contactou a igreja e testemunhou as lutas e as grandes maravilhas que o Senhor Jesus tem feito no meio deles naquela cidade: várias pessoas pedindo o seu batismo em nome do Senhor Jesus, almas que já conhecem a Cristo e Sua preciosa Mensagem Precursora reconciliaram-se e o poder de Deus operando. A igreja agradeceu a Deus, louvando ao Grande Pai, porque para certas coisas só mesmo a intervenção do Deus Todo-poderoso para solucionar os problemas.
 
Toda a irmandade, em seguida, assistiu à pregação do nosso pastor, Pr. Eliézer Ribeiro, intitulada “Pródigo”. Um sermão absolutamente maravilhoso que fala sobre o Amor de Deus por seus filhos.
 
Ao final do culto, sob uma acolhedora e sublime atmosfera divina, a igreja agradeceu as tantas bênçãos ao Senhor a partir de uma oração com todos os pais juntamente com seus respectivos filhos. Foi realmente muito agradável, um momento de perdão, reconciliação e de rendição a Ele.
 
Todos, sem dúvida alguma, saíram melhores do que antes. O Senhor se fez presente. - Aleluia!
 
E nesse sentimento de amor, lembramo-nos do que nosso amado profeta William Branham expressou:
 
“Como os dias se aproximam e o caminho se estreita, nós queremos nos ajuntar. Meu Deus, nós devemos ser somente um – um Corpo. Devemos agir juntos, esquecendo os pecados uns dos outros e nossas diferenças, somente continuemos nos ajuntando, ajuntando à medida que vemos aquele dia se aproximando; agrupando-nos juntamente, todos com um só acordo e um coração. E se algum irmão ou irmã sair do caminho de qualquer maneira, não faça nada mais senão orar por aquela pessoa e em amor, sempre considerando uns aos outros. Nunca – nunca um de vós saia do caminho. Fiquem juntos. E se vocês podem, ajuntem mais a isto, constantemente, o tempo todo.” (Mensagem: O Filtro do Homem que Pensa, parág. 16)
 
Deus abençoe a todos os pais de uma de forma muito especial.

"Mas era justo alegrarmo-nos e regozijarmo-nos, porque este teu irmão estava morto e reviveu; tinha-se perdido e foi achado”(Lc 15:32)
Categoria:Eventos