Ação de Graças pelo Jubileu de Ouro

Em nada tenho minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do evangelho da graça de Deus” (Atos 20: 24)

Com grande alegria, satisfação e gratidão ao Senhor que a Missão Transcontinental Resgate e a Igreja Evangélica Tabernáculo de Adoração puderam realizar o 35º Encontro Paraense de Ministros, que foi ensejado com a Celebração do Jubileu de Ouro Ministerial do Rev. Eliézer Ribeiro e a Confraternização de Mocidade. Foram três dias de muitas Ações de Graças, adoração, testemunhos e muitas bênçãos recebidas.
 
Esse 35º Encontro Paraense foi abrilhantado pela presença de dezenas de pastores e suas respectivas caravanas, vindos de diversas cidades do Pará e até mesmo de outros Estados.
 
Já desde a segunda-feira, dia 04, a Igreja em Belém estava a receber irmãos que vieram para participar do Evento. E a partir da quarta-feira, dia 06, as noites foram direcionadas com cultos subsequentes já à preparação para a Abertura Oficial do Encontro na sexta-feira, dia 08. 
 
Aos poucos irmãos e irmãs iam chegando e se instalando nas hospedagens providas.Todos estavam sob uma grande expectativa de que esse Encontro seria um bom momento de companheirismo com nossos irmãos em Cristo e, por que não dizer, de reavivamento e renovação.
 
Na noite de sexta-feira, dia 08, a abertura foi laureada com a entrada de toda a Juventude postada com as bandeiras da Missão, do Brasil e do Estado do Pará, e de Portugal – que é a base da Missão Transcontinental na Europa, além de banners que identificavam mapas dos continentes em que o trabalho da Missão tem alcançado. Em seguida, toda a Mocidade apresentou seu louvor especial junto à Celebração. 
 
O culto seguiu de modo fervoroso. O santuário do tabernáculo estava repleto de pessoas a ponto de ser necessário ocupar a galeria e o átrio lateral. Era possível perceber a satisfação em cada rosto.
 
Grupos de irmãos de outras cidades tiveram a oportunidade de louvar ao Senhor com seus cânticos especiais, além dos conjuntos de pré-adolescentes, conjunto coral de Belém, do conjunto de São Luis do Maranhão, e da Orquestra Adoração. Nessa noite de abertura, a igreja pode ouvir uma palavra de fé de vários ministros, como o Pr. Francisco Leandro, que serve em Itaituba – cidade ao oeste do Pará–, o qual animou a todos expressando que nós cristãos somos os cartazes de Deus, a referência de Deus aqui na Terra.
 

Também o Pr. Elienai Rogério, que serve na grande Belém e região, trouxe a mensagem de fé, com base na escritura de Atos 9, afirmando que quando a pessoa sabe o que quer, esta, ainda, não está fazendo a perfeita vontade do Senhor, porém quando essa pessoa, assim como Paulo no caminho de Damasco pergunta a Deus: “Senhor, o que queres que eu faça?”, então, sim, essa pessoa começa a entrar na linha de Deus, na perfeita vontade do Senhor. Mencionou sobre o poder de Deus, sobre a Igreja orar e esperar no Senhor, não passar na frente Dele, mas seguir após Ele. Pois há aqueles que querem seguir a Cristo, mas querem estar à frente de Jesus, quando seguir a Jesus é estar atrás dele, seguindo-o.

No culto de sábado, as bênçãos foram ainda maiores: 
 
O culto foi norteado sob a ministração de hinos de adoração ao Senhor, sob a regência do Pr. João Nascimento. Participaram os conjuntos de Barcarena, de Belém e Castanhal. Por sua vez, o Pr. Francisco Nazareno, que serve à Noiva de Cristo em Altamira, Tucuruí e região, deu uma palavra falando que a diferença entre um missionário da mensagem e um missionário denominacional é que este busca dirigir as almas a sua denominação, enquanto que um missionário da Mensagem Revelada leva as almas unicamente a Cristo. E lembrou ainda que o verdadeiro missionário, mesmo que passe 50 ou mais, tem no coração o mesmo sentimento evangelístico do princípio de seu Ministério.
 
O pastor que serve ao Senhor no estado do Maranhão, Pr. Gesiel Abreu, deu uma palavra aos presentes testemunhando a forma como o Senhor atravessou em seu caminho fazendo-o conhecer a Mensagem Precursora através deste ministério. E expressou: “O maior milagre na minha vida foi ter conhecido essa Mensagem”. Disse ainda que devemos sempre lembrar que foi Deus que nos escolheu e não nós que escolhemos a Ele; e não importa o tempo que passe, quando a verdadeira águia encontra com a Palavra, ela toma a sua decisão.
 
Em seguida, a família do Rev. Eliézer Ribeiro, dentre eles: esposa, filhos, netos, bisnetos e tetranetos, cantou os hinos “Eram Cem Ovelhas” – de Luiz de Carvalho, seguido “O Oleiro” – de Eliézer Rosa – e um trecho do hino “Conversão” – nº 15 da harpa cristã, que é de meados de 1890 –; nesse instante as lágrimas foram inevitáveis, o missionário, pastor e mestre Eliézer Ribeiro não conseguiu conter-se, simplesmente caiu em prantos, e, como um bom soldado, ao ver que o Senhor Jesus Cristo lhe permitiu chegar ao Jubileu Ministerial certamente deve ter lembrado de sua primeira batalha.

Logo depois foi transmitido à Igreja um vídeo especial contando um pouco da história dos 50 Anos de ministério do reverendo. Muitos presentes ficaram impressionados, outros maravilhados e alguns chocados ao conhecer tão comovente história, pois foram 18.315 batismos ministrados; 2.235 crianças dedicadas; 2.212 casamentos celebrados; 1.710 cerimônias fúnebres realizadas; foram ordenados: 72 pastores, 125 evangelistas e 142 diáconos – sendo que só na Mensagem foram ordenados 53 pastores, 107 evangelistas e 102 diáconos; também foram construídos 42 templos e dezenas de escolas e casas pastorais. Esses trabalhos foram realizados em 20 igrejas no estado do Pará, 12 igrejas no Brasil e 13 igrejas no exterior, além de 117 países evangelizados, a partir de 1.300 (mil e trezentas) horas de voos e 2.030.000 (dois milhões e trinta mil) quilômetros de rios e rodovias pelo mundo a fora. No entanto não lhe faltaram nesses anos muitas tribulações, perseguições e traições. Além disso, o pastor Eliézer perdeu ainda sua filha primogênita assassinada no campo missionário. 
 
Ao final da apresentação, toda a Igreja estava comovida em ver o que Deus é capaz de fazer na vida daquela pessoa que se rende inteiramente a Ele e a Seu Chamado. O missionário agradeceu a Deus, aos que lhe acompanharam nesta longa jornada e também agradeceu a sua esposa, que, segundo ele, sem ela, ele não teria conseguido chegar.
 
O próprio reverendo Eliézer Ribeiro costuma expressar o parágrafo 62 da mensagem “Poder de Transformação”:
“Estimados Irmãos, eu não sou mais um jovem missionário, nem tão pouco me considero um velho guerreiro com tantas experiências, mas trago no meu corpo algumas cicatrizes de muitas batalhas difíceis. Deus assim permitiu para que a minha vida pudesse abrir caminho, para poder dizer: “Isto é isto”. Porém, houve alguém que abriu o caminho para mim. E nós abrimos o caminho e pavimentamos a estrada uns para os outros”.
 
A Igreja de igual modo também deu graças ao Senhor pela Sua imensa bondade em conceder ao missionário tão dedicado amor às almas.  
 
No domingo, na Escola Dominical, no dia 10, já às 7 horas da manhã, toda a Mocidade se mobilizou, acompanhada do Ev. João Monteiro e Ev. Rosivan Ferreira e do Pr. Geovane Oliveira e outros ministros, em direção a uma feira próxima ao Tabernáculo, para ali realizar um culto evangelístico. Logo depois, a Juventude retornou para participar da Escla Dominical e da manhã da Benção juntamente com toda a Igreja.
 
Sob o louvor de cânticos de adoração, a igreja foi se posicionando e logo todos estavam prestando seu culto de gratidão e adoração ao Senhor. Vários grupos de irmãos tiveram sua oportunidade de louvar: de Abaetetuba, de Barcarena, de Boa Vista, do Maranhão e de Paragominas, além dos conjuntos: pré-adolescentes, juvenil, Vozes de Sião e do coral de Belém.
 
Marcou presença o pastor e cantor Eliézer Rosa juntamente com seus familiares.
 
O Pr. Francisco Nazareno foi o pregador oficial da manhã. Com a escritura de Hebreus 6: 4-6, ele trouxe uma mensagem que não só animou como confortou a igreja em continuar crendo e se firmar ainda mais na Palavra, não cedendo ao mundo com suas atrações e ratificou que aquele que é ovelha não errará a porta, e mesmo que ao chegar à porta esta ovelha dê uma refugada, o máximo que acontecerá é ela alongar o seu percurso, mas que ela vai entrar, vai.

O culto se encerrou de forma calorosa e avivada. E sob o pedido do pastor-presidente, algumas caravanas deciram permanecer para estar no culto, à noite. O que não foi em vão: vário conjuntos se apresentaram, os demais pastores deram suas saudações, com destaque às palavras do Pr. Raimundo Jorge Oliveira. Finalmente, o Pr. Flávio José Pereira, entregou uma poderosa mensagem. Quem pode assistir a esse culto, viu que ele foi como que um coroamento do sucesso da celebração do Jubileu de Ouro e Confraternização de Mocidade. Foram muitos os testemunhos dos milagres e das operações de maravilhas que ocorreram naquela noite. Certamente todos puderam voltar para as suas cidades preenchidos e renovados através do Poder do Espírito Santo.

Não podemos deixar de mencionar ainda que durante os três dias de realização do Evento nos acompanharam através da internet, com centenas de acessos, irmãos de diversos países e Estados aqui no Brasil.
A Missão Transcontinental Resgate e a Igreja Evangélica do Tabernáculo de Adoração agradecem penhoradamente a todos os irmãos que cooperaram e abrilhantaram estes três dias de celebração sem medir esforços para participar deste maravilhoso Encontro Paraense de Ministros, do Jubileu de Ouro Ministerial e Confraternização de Mocidade.
 
Deus abençoe e recompense a todos.

"Mas graças a Deus que nos dá a vitória por Nosso Senhor Jesus Cristo”. (I Co 15.57)
Categoria:Eventos