Encontro Pentecostal em Avivamento


“Oh, como é bom e como é maravilhoso que os irmãos vivam em união! [...] Pois ali o Senhor ordena a bênção e a vida para sempre.” (Salmo 133: 1; 3)

O 41º Encontro de Obreiros da Mensagem e a 53ª Confraternização de Mocidade deste ano, realizado em Belém do Pará, nos dias 12, 13 e 14 de julho, foi marcado por momentos especiais de aprendizado e grande avivamento espiritual entre o companheirismo cristão.


Como acontece todos os anos, pessoas de diversas cidades do estado do Pará, a exemplo de Abaetetuba, São Sebastião de Boa Vista, Barcarena, Breves, Inhangapi, Benevides, Castanhal, Ponta de Pedras, Capitão Poço, Paragominas, Trairão etc; assim como de outros estados do país, como: Manaus, Maranhão, Santa Catarina, Bahia dentre outros estados, estiveram presentes para adorar ao Senhor Jesus e ter companheirismo com os amados irmãos e irmãs, na cidade de Belém do Pará.


Ainda no início do mês de julho, dias antes de começar o Encontro, muitas pessoas, obreiros e ministros já chegavam para estar conosco no Tabernáculo, em Belém; e desta feita, tiveram a oportunidade de participar dos vários cultos havidos que antecederam o Encontro, como foi o culto de Discipulado, o qual acontece mensalmente (culto especial de aprendizado que ocorre no sábado que antecede o primeiro domingo do mês – domingo especial de Culto de Santa Ceia).

O 41º Encontro de Obreiros da Mensagem teve uma vasta programação tanto para a igreja de modo geral quanto para a Juventude local e aos jovens visitantes.

 

Desde a sexta-feira (12/07), às 8he30 da manhã, os obreiros do Senhor já estavam reunidos para sua Reunião Ministerial privada. E a partir das 10he30, toda a igreja foi convocada para um momento especial de Estudo bíblico com o tema “Belém, Nazaré e Nazareno”, tendo como base a passagem bíblica de II Tm 3:10-17; de modo geral, o estudo - por sinal riquíssimo - abordou sobre o fato de Jesus ter nascido em Belém da Judeia, embora, escrituristicamente ele foi chamado de “o nazareno”, como se fora nascido na cidade de Nazaré. 

Na noite de sexta-feira, às 19h30, deu-se oficialmente a abertura do 41º Encontro com a participação especial da Juventude anfitriã de Belém, sob o cântico e marcha de hinos da harpa cristã, os servos do Senhor foram congratulados com Boas Vindas.

O culto seguiu-se com a participação de grupos de irmãos de outras cidades que tiveram a oportunidade de adorar ao Senhor. Ministros tiveram a oportunidade de trazer uma palavra de fé, à Igreja. Dentre eles, o Pr. Adão Rodrigues, o qual viajou 3.600 km para participar do Evento, vindo de Santa Catarina, fez sua prédica e citando a mensagem “Respeito”, expressando: “O teu respeito, a tua reverência, a tua humildade tem um grande valor diante de Deus. Seja humilde, sempre humilde!”. Logo em seguida, o Pr. Filogônio Ferreira, em sua oportunidade, fez menção da conhecida história de um pintor, o qual desenhou o Senhor Jesus batendo em uma porta – simbolizando a escritura de Apocalipse 3:20, que diz “Eis que estou à porta e bato [...]”, e este pintor fora criticado porque em sua pintura a porta não apresentava chave nela, e o pintor com naturalidade respondera ao crítico: “A chave está pelo lado de dentro, pois é o pecador, que está do lado de dentro é que decidirá se abrirá a porta para o Senhor entrar em sua casa” –  E isto foi tudo para a igreja, que atentamente o ouvia; por conseguinte, o Pr. Geraldo Miranda também animou a fé dos presentes falando sobre a história do Jovem rico (Lucas 18:18-30), o qual declarara a Jesus que cumpria todos os mandamentos, e a Bíblia diz que Jesus o amou de tal modo que lhe disse, “[...] falta-te uma coisa: Vende tudo o que tens e segue-me”, e o jovem descobriu que na realidade ele não cumpria sequer o primeiro mandamento, pois não amou a Deus sobre todas as coisas. 

E assim, veio à tribuna o pastor anfitrião, o Pr. Eliézer da Silva Ribeiro, o qual finalizou com a palavra “Nunca julgue uma árvore pelo seu aspecto natural, o caráter da árvore não está em sua aparência, está no seu âmago.”

No sábado pela manhã, os obreiros tiveram seu momento de reunião, a partir das 8he30 no interior do Tabernáculo; e concomitantemente, todos os jovens se preparavam para fazerem uma passeata juvenil nas ruas no entorno do Tabernáculo. Um grupo com mais de 60 jovens saíram em caminhada. Com instrumentos e cânticos, os jovens fizeram três paradas em algumas esquinas para cultos relâmpagos, distribuição de literaturas, sendo os pregadores jovens rapazes evangelistas. Certamente algo muito importante para a Mocidade. O movimento levou cerca de uma hora, e às 10h, a Juventude já estava de volta para junto com toda a igreja participar do segundo momento do estudo iniciado na sexta-feira (12/07): “Belém, Nazaré e nazareno”. Ao final do estudo, houve um abençoado almoço para todos.

 

Na tarde de sábado, a partir das 14he30, houve uma programação especial com a Juventude num espaço vizinho ao Tabernáculo. E a partir da mensagem “A Maior Batalha Jamais Pelejada”, os jovens puderam se reunir formando grupos, cada equipe ficou com um trecho da mensagem para fazer a leitura entre eles, em seguida as equipes compartilharam com os demais os pontos sobressalentes da mensagem. Logo depois, houve atividades de brincadeiras e dinâmicas tendo como base passagens bíblicas e testemunhos sobre o Ministério de William Marrion Branham. Por fim, às 16he45 toda a Juventude foi liberada para lanchar e preparar-se para o culto da noite.

Às 18he30, houve o lançamento, no Átrio do Tabernáculo, do 10º livro do Rev. Pr. Eliézer da Silva Ribeiro, intitulado “Parágrafo”, um trabalho muito especial a respeito dos livros de Crônicas. 


E já às 19he30, seguiu-se um grande culto ao Senhor no interior do Tabernáculo de Adoração. Momento muito maravilhoso. Ministros como o Pr. Flávio Pereira, o qual na noite anterior encontrava-se enfermo, pôde dar uma palavra de fé, levando a Igreja a regozijar-se no Senhor. Foi um momento maravilhoso, grupos louvaram a Deus com cânticos especiais e ao final do culto o Espírito do Senhor tomou o controle que cânticos como o 437 da harpa foi cantado de tal modo que gerou uma atmosfera vivificante e tão pentecostal que um precioso pastor de uma denominação, o qual estava ali participando do culto, pediu seu batismo em nome do Senhor Jesus Cristo; e, testemunhou como ele estava feliz em estar participando daquele evento, pois , segundo ele, nunca vira um movimento pentecostal tão fervoroso e cheio de vida como aquele, o qual estava vivenciando, falou ainda como o Senhor de diversas maneiras falara com ele mostrando-lhe a Mensagem do Dia; O batismo do pastor foi realizado logo no dia seguinte, no do domingo à tarde. 

  

  Na manhã de domingo (14/07), às 7h, a Mocidade já se reunia no Átrio do Tabernáculo para se dirigirem à Feira do Entroncamento. Ali, por entre as ruas em meio aos feirantes, os jovens caminhavam louvando a Deus e, fazendo paradas estratégicas, distribuíam literaturas e apregoavam o Evangelho da Cruz àquelas pessoas ali. Esse momento de cultos relâmpagos pela feira foi até às 8he15, pois às 9h começaria nossa abençoada Escola Dominical no Tabernáculo.

No culto de Escola Dominical, tivemos um culto de adoração e aprendizado muito maravilhoso. Sete evangelistas foram consagrados a pastor, reconhecendo a igreja o ministério deles. Desta feita, todos, por sua vez, foram abençoados, pois foram momentos de tanto pentecostes e poder que só quem esteve participando – até as pessoas que acompanharam pela internet, testemunharam do poder de Deus manifesto – inclusive com um registro de acesso em números de centenas e centenas de pessoas – aos que participaram, sabem a maravilha que foi este 41º Encontro de Obreiros e o que o Senhor derramou de bênçãos em sua infinita graça. Deus mais uma vez desceu e se fez presente alegrando os corações, e engrandecendo-se, mostrando ao Seu povo que Ele é poderoso para fazer basta somente estarmos posicionados, tal como as estrelas no céu, cada uma em sua posição. Muitos irmãos e irmãs voltaram para seus lares testemunhando do poder do Senhor e de sua grandeza soberana.

 

Por isso, louvamos ao Senhor e sabemos que Ele tudo pode em favor daqueles que o amam.

A todos que oram, intercedem e lutam por esta obra que o Senhor vos recompense infinitamente.

Deus recompense ainda a todos que se esforçaram para estar neste Evento, o Encontro dos servos e servos do Senhor Jesus.

 “Nesta manhã Deus quer homens e mulheres que se ponham de pé e digam: ‘Eu tomarei ao Senhor em Sua Palavra. Não importa quantos tenham falhado [...] Isso não tem nada a ver [...] porque o exército de Deus marcha para frente. Amém! Esses são homens de valor e de fé; homens de poder e entendimento [...] porém tem que ser canais. Logo Deus tomará esses canais”

(A Maior Batalha Jamais Pelejada, parágrafo 94)

Deus vos abençoe! 


Categoria:Eventos