Missão Europa: Caminho para a Índia


“[...] Eis que eu vos digo: levantai os vossos olhos e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa.” (Mateus 4:35)

No dia 26 de maio, a Missão Transcontinental Resgate por meio do missionário Eliézer da Silva Ribeiro, juntamente com uma equipe de irmãos,

partiu rumo às Missões na Europa.


Dezenas de irmãos e irmãs estiveram no Aeroporto de Val-de-Cans, em Belém do Pará, durante a partida do missionário e equipe, sob cânticos e abençoados louvores. Ali, o grande grupo de irmãos, que acompanhava o missionário e equipe para alçar voo, viveu momentos de tensão, de alegria, de lágrimas; as orações, as palavras, as palmas e a energia de uma igreja que não só envia os missionários, mas que vai às Missões com eles. Uma igreja que não mede esforços e ainda coloca o coração na Missão, foi exatamente isso que contagiou a todos os viajantes que estavam fazendo check-in, alcançando até aos que se despediam de seus familiares, assim como  alcançou igualmente aos policiais federais, os quais tratavam sobre a imigração, fazendo até mesmo que um deles testemunhasse expressando: Esta Obra é de Deus, que Deus abençoe a todos os missionários!

 

  

E assim nossos irmãos embarcaram em missão rumo a Portugal.


Foram mais de 20 horas de viagem, uma viagem longa e muito cansativa, até chegar finalmente no Porto – Portugal, onde fica a base da Missão nas terras lusitanas. Embora muito bem recebidos pela igreja em Portugal, o missionário e a equipe de irmãos que viajou com ele enfrentou lutas ainda aqui no Brasil, lutas que foram desde problemas com passaporte, imigração, houve até perda de bilhete de passagem, o qual, pela graça de Deus, foi encontrado momentos depois após buscas em meio a 400 pessoas dentro da aeronave. Aleluia! Muitas outras intervenções divinas foram presenciadas pelo grupo de irmãos na viagem; embora com todas as lutas enfrentadas, sabemos que “A bênção da viagem é a própria viagem”. Pois o que nos interessa é fazermos a Missão. O que nos interessa é cumprir a Missão e nada mais. É isso o que soma para aqueles que buscam a Deus e querem segui-Lo. Nós devemos fazer o que pudermos em relação àquilo que Deus tem ordenado para fazer. Se você ficar bem em seu chamado Deus lhe usará, eis a essência do amor de Cristo, o sacerdócio, sempre ativo em favor do pecador, o obreiro portador desse sacerdócio é envolvido pela empatia, pois ele se coloca no lugar do transgressor de modo que o Senhor possa ter liberdade para agir.


E assim, já nos primeiros dias em Portugal, o missionário com alguns irmãos saíram fazendo trabalhos de visitações a várias famílias. Momento difícil, pois os caminhos na cidade do Porto são de muitas inclinações, clivagens e por vezes acidentados, e para um homem como o missionário, Pr. Eliézer Ribeiro, já com mais de 70 anos de idade, fazer esse tipo de percurso é um tanto sacrificante, tendo em vista que, devido a idade, sofre diariamente com cãimbras e com a  própria debilidade física. Houve momentos que a equipe precisou parar para que o Pr. Eliézer pudesse se recompor e continuar o percurso, chegando até mesmo a ser ajudado pelos irmãos para conseguir caminhar... Aleluia! E, assim foram com o trabalho de visitação até a uma hora da madrugada.

 

A equipe missionária ali em Portugal tem buscado meios para tentar conseguir um caminho para chegar a Índia, porém não está sendo fácil, muitas  têm sido as dificuldades, tanto em questões, como: visto, valores de passagens (valores altíssimos), percurso e duração (por determinados países chega a mais de 40 horas de voo!) – um grande desafio tendo em vista as condições físicas do missionário.

Os irmãos em Portugal rogam encarecidamente nossas orações aqui no Brasil, de modo que o Senhor mostre qual a Índia Ele quer que seja alcançada.


Louvamos a Deus por tudo que Ele nos concedeu e cremos que nosso amado Senhor Jesus mostrará um caminho.

 

“Oramos pelo nosso amado Pastor, Ó Deus; servo fiel, nunca está cansado, sempre pronto para partir. Fale ao seu coração, hoje, e faça-o saber que há uma grande recompensa [...].




Abençoe os outros pastores, e os missionários, e os membros do Corpo de Cristo, em todos os lugares.” Mensagem: José encontrando seus irmãos, parágrafo 176-177.

 

Ore pela Missão. Oremos uns pelos outros.


Deus lhe abençoe!

 

 

Categoria:Missões