38º Encontro Paraense de Obreiros - Castanhal- Pa

“Então o pai de família disse ao seu servo: Sai depressa pelas ruas e bairros da cidade e traze aqui os pobres, e os aleijados, e os mancos, e os cegos. E disse o servo: Senhor, feito está como mandaste, e ainda há lugar.” (Lucas 14: 21-22)

A Abertura oficial do 38º Encontro Paraense de Obreiros ocorreu no sábado (07/10), às 19 horas, na cidade de Castanhal, precisamente no bairro Jaderlândia, no Ginásio da escola Municipal Irene Rodrigues Titan.

Já na sexta-feira, à noite, houve um culto no Tabernáculo de Castanhal, localizado no bairro da COHAB. 

Caravanas de diferentes cidades vieram para ter companheirismo com todos os irmãos, pessoas dos lugares mais distantes, como: Capitão-Poço, São Sebastião da Boa Vista e região, Breu Branco, Paragominas, Altamira, Tucuruí, estado do Maranhão, e cidades vizinhas a Castanhal, a exemplo dos irmãos de Belém e região metropolitana, Abaetetuba, Barcarena, Inhangapi, Benevides, Maracanã e demais cidades.

Já na noite de sábado, todos estavam acampados na escola, reunidos para fazer um grande culto de Adoração ao Senhor, conhecer e rever irmãos e irmãs que compartilham da mesma fé, do mesmo amor em Cristo Jesus.
A escola que recebeu a todos os irmãos era suficientemente espaçosa e arejada, com um bom espaço em seu Ginásio que pode acolher a toda a irmandade durante o período dos cultos.

Na noite de sábado, o culto foi marcado pela presença de centenas de irmãos, cooperadores, obreiros, evangelistas e ministros. Grupos de irmãos tiveram sua oportunidade adorando ao Senhor com abençoados louvores. Evangelistas e pastores deram uma palavra de fé a todos, e ao final do culto os irmãos presentes foram movidos a ter o desejo de fazer algo em prol de Castanhal, das almas que estão ali naquela cidade.

A manhã de Escola Dominical não podia ser diferente, foi uma manhã de muitas bênçãos, edificação e avivamento. Era possível ver a presença do Espírito Santo irradiando na vida de muitos ali. Foi citado - a partir da Mensagem “O Conflito entre Deus e Satanás” - que nos tempos de Noé, havia uma Voz de comando com ele, e que assim também em nossos dias há uma Voz de comando – Aleluia!; foi dito ainda: se queremos ter um Deus grande em nossas vidas, então devemos nos aproximar mais Dele a cada dia – o evangelista se referia a história figurativa usada por um outro obreiro na noite de sábado, a qual conta que um menino perguntou ao seu pai qual era o tamanho de Deus, e o pai viu que no alto dos céus passava um avião e disse ao seu filho: o tamanho de Deus, filho, é do tamanho daquele avião que sobrevoa  o céu, e o menino logo concluíra que Deus era um ser pequeno. E o pai então levou o garoto ao aeroporto para que o menino visse de perto um avião, e ao ver aquela enorme aeronave, o pequeno exclamou: Nossa, pai, como ele é grande! E eu pensei que ele fosse pequenininho... Então o pai sabiamente respondeu: Filho, Deus poderá ser grande pra você à medida que mais você se aproximar dele. – Aleluia!; Essa expressão muito alegrou a Igreja de modo geral.

Após a Escola, com um abençoado almoço para centenas de irmãos, o 38º Encontro de Ministros foi oficialmente finalizado. Devido a distância e pela necessidade de atender aos compromissos da vida secular, irmãos e irmãs tiveram que retornar as suas cidades, no entanto a maioria ficou para estar no culto de domingo, à noite. Estiveram presentes muitos visitantes no culto à noite, e de forma calorosa e avivada todos se despediram já desejando estarem no próximo Encontro. 
Deus abençoe penhoradamente a todos que se esforçaram para estar neste Encontro, àqueles que de alguma forma contribuíram para que esse 38º Encontro acontecesse e àqueles que por motivo justo não puderam estar. 

Deus abençoe!

“Oh, cristãos, vamos afivelar a armadura de Deus. Vamos fazer tudo que sabemos fazer para servi-Lo, amá-Lo, e esperar por aquele grande tempo.
Não pare, não descanse dia e noite até que aquele Poder Vivificador te traga das coisas do mundo para o Reino de Deus. E você que verdadeiramente é trazido para o Reino de Deus, e vivificado pelo Espírito de Deus, quão feliz com lágrimas de alegria devemos estar de joelhos dia e noite agradecendo a Deus pelo que Ele tem feito.” 


Mensagem: “Mudou Deus Alguma Vez o Seu Parecer Acerca da Sua Palavra?”, parágrafos 14 e 16.



Categoria:Missões

Deixe seu Comentário